Publicação anterior Post Seguinte

O manual para trabalhar a partir de casa

Muitos de nós vamos trabalhar a partir de casa nas próximas semanas devido ao auto-isolamento, o que pode soar ao sonho de qualquer introvertido. No entanto, para quem tem tendência para a claustrofobia, aqui ficam as nossas principais dicas para preservares a sanidade, uma mente sã e um corpo são, e manteres os níveis de produtividade ao máximo durante este período.

alt=

O que deves fazer

Apanhar ar fresco
Quer seja abrir uma janela, saborear um almoço no teu jardim ou dar um passeio no parque de manhã, dedica algum tempo a espaireceres e mudares de cenário.

Mantém-te em contacto
Um dos melhores aspetos de trabalhar com colegas é partilhar ideias e conversar sobre as últimas notícias, por isso, porque não pegares no telefone e ligares a amigos e família para breves conversas ao longo do dia? Substitui as tuas reuniões presenciais por videochamadas e cria um grupo no WhatsApp com os teus colegas para comunicações rápidas.

Fazer exercício
Segue uma rotina no YouTube, faz ioga ou simplesmente põe as tuas músicas favoritas. É importante mexeres o corpo, especialmente quando não tens de te deslocar para o trabalho, para salas de reunião ou caminhares pela cidade para almoçar. Usa este tempo para eliminar o stress e refrescar a mente.

Ouvir música
Enquanto martelas no teu portátil, mima-te com umas melodias doces. Ouve rádio ou, se preferires conversar, usa este tempo para riscares alguns podcasts daquela lista de recomendações que os teus amigos não param de te dar.

Fazer uma pausa para o almoço
Pode ser fácil ficarmos submergidos pelo trabalho especialmente quando não temos os colegas com quem almoçar. Fazer uma pausa de uma hora para almoçar, longe da secretária, vai permitir reorientares-te e melhorar a tua eficiência para o resto do dia.

O que não deves fazer

Trabalhar na cama
Por muito tentador que seja encostares-te naquelas almofadas fofas e embrulhares-te no edredão, a cama deve ser só para dormir. É importante associar diferentes divisões da casa a diferentes tarefas para produtividade e relaxamento máximos.

Ter a televisão ligada como pano de fundo
Ouvir música ou um podcast é uma forma útil de te manteres entretida enquanto trabalhas remotamente, no entanto ter a televisão ligada requer demasiada atenção. Quanto àquela série da Netflix que planeavas ver de uma assentada, reserva-a antes para aqueles momentos tão esperados ao fim do dia.

Ficar de pijama
Acredita, nós percebemos. Os nossos pijamas também são os nossos melhores amigos. Mas vestires roupa de dia confortável vai ajudar-te a entrares no espírito de trabalho. Reserva o pijama como o mimo perfeito para a noite.

Distraíres-te demasiado com a loiça
Um dos prazeres de se trabalhar a partir de casa é manter as tarefas domésticas em dia. Não é preciso fazê-las apressadamente à noite, podes pôr a máquina a lavar a meio do dia e pôr a roupa a secar ao sol - são os pequenos detalhes! Mas pode ser fácil distraíres-te com as tarefas do dia-a-dia quando os prazos do trabalho estão a chegar ao fim, por isso estabelece antes horários ao longo do dia para completares as tarefas domésticas. Porque não experimentar depois do pequeno-almoço e antes do almoço?

Passar tempo demais ao telefone
Limita o tempo que passas ao telefone ao longo do dia deixando-o numa divisão separada. Aquele meme viral estará à mesma à tua espera quando regressares. Se precisares de estar atenta a determinadas mensagens, basta desligares todas as notificações não essenciais!

Para outras dicas e truques sobre como praticar a plenitude mental, Sally Lovett, fundadora de Stretching the City, partilhou connosco algumas dicas sobre como fazer reset e reorientar-se, mesmo com a agenda mais sobrecarregada.

Publicação anterior Post Seguinte