Author avatar

Jayne Bibby

EDITOR DE ESTILO

Julho

21/2017

PARTILHAR

THE REMARK PRIMARK

Re:Mark: A letra e a caneta

Blocos de notas, canetas, marcadores fluorescentes, post-its, capas, agrafadores, clipes, tesouras, tudo o que possas imaginar... eu tenho na minha secretária. Verdade seja dita: faço a maioria da minha escrita criativa no telemóvel. Então, por que estou completamente obcecada e não consigo passar por uma papelaria sem entrar? O que tem o material de escritório que nos deixa apaixonadas por um novo bloco de notas, estação após estação? Esquece o resto.  Vivam a letra e a caneta.

REMARK PRIMARK

O material de escritório faz-me regressar aos tempos de escola, quando o início de um novo ano era sinónimo de sapatos novos, mochila nova e, mais importante, caderno novo. Era algo que era meu e não propriedade da escola. Podia escrever nele e decorar a capa como quisesse, sem me meter em sarilhos. Além disso, podia desenhar corações dedicados à minha paixão do momento, enquanto bocejava durante toda a aula.


Ainda hoje, adoro o processo de escolher um caderno novo e decidir para que vou utilizá-lo. Há uma enorme sensação de nostalgia associada e, embora alguns de nós sejam mais obcecados apaixonados do que outros, ainda não encontrei ninguém que deteste material de escritório.

 

Apesar de passar o dia todo a olhar para um ecrã e a escrever num documento Word, prefiro levar caneta e papel para todas as minhas reuniões. Acho que o que gosto é da sensação de estar organizada: tirar notas e planear o dia em papel para me dar um mapa visual da semana. E as listas de tarefas... não nos esqueçamos da maravilha que é fazer uma lista de tarefas! Ainda fico entusiasmada ao riscar coisas da minha lista ao fim do dia. Sempre. Sempre. Sempre! Quem concorda comigo?

 

Por outro lado, fora do local de trabalho, faço todas as minhas listas de compras no telefone. Até escrevo a minha coluna no telefone quando estou no comboio, de manhã, com medo que a inspiração me abandone se não escrever nesse local e a essa hora.


Já aconteceu tantas vezes ter uma excelente ideia para um artigo/coluna/capítulo e acreditar firmemente que nunca a iria esquecer, porque era TÃO boa. Uma hora mais tarde, estava a penitenciar-me porque me tinha esquecido completamente! O meu telefone está sempre comigo, por isso, não tenho desculpa. 

Tal como quando andamos como uma revista na mão e a folheamos fervorosamente, existe uma ligação emocional quando seguramos um caderno junto ao peito e nos dirigimos para uma reunião. Podemos viver numa era digital, mas ainda existe espaço para um pouco de tato. E tenho a certeza de que não sou a única a ter um caderno personalizado com as minhas iniciais: a versão adulta de escrever o teu nome com corretor no estojo, só para que saibam. Felizmente, evoluí!

 

Não tenho a certeza de que escrever notas num tablet nunca pareça deslocado. Sei que tirar fotos não parece; qualquer pessoa que já se tenha sentado atrás de um fotógrafo com tablet na semana da moda saberá que é verdade, mas o smartphone é diferente. É fácil de segurar, está sempre na tua mala e permite-te fazer várias coisas ao mesmo tempo: podes tomar notas enquanto ouves música e ainda podes atender chamadas e enviar mensagens também. O sonho de quem anda freneticamente pela cidade e uma verdadeira necessidade. Felizmente, também podes utilizá-lo para ouvir uma app de meditação ao fim do dia. Namastê.

 

Decididamente, existe algo de romântico em pousar a caneta no papel e escrever os teus pensamentos mais profundos, seja num diário, num brainstorming criativo ou simplesmente a planear um itinerário de viagem. Não estás só a organizar a tua vida num caderno. Estás a confiar nele.

 

Uma coisa que nunca passa é o que sentes quando alguém te entrega uma nota escrita ou te envia uma carta pelo correio: sabes que a pessoa dedicou tempo a escrevê-la especialmente para ti e significa muito mais do que uma mensagem pelo Facebook ou uma mensagem escrita. Será que aquela sensação de regresso às aulas de que todos gostamos somos só nós a ansiar por algum controlo e independência? Talvez seja e eu aceito-o. Posso ser obcecada por controlo, mas provavelmente vou fazê-lo com um caderno personalizado super chique e uma caneta fabulosa!


@jaynebibby

THE REMARK PRIMARK
13.07.17

Mulher

Re:Mark: Lembras-te quando...?

Fazer com que as memórias de maquilhagem durem para sempre...

THE REMARK PRIMARK
06.07.17

Mulher

Re:Mark: Jardim urbano em alta

Prepara-te para te tornares verde...🌵

Author avatar

Jayne Bibby

EDITOR DE ESTILO

Julho

21/2017

PARTILHAR

THE REMARK PRIMARK

Uau!

Adicionámos o primeiro artigo aos teus favoritos.
Podes aceder-lhe sempre que quiseres, clicando aqui.

Tens tempo para te atualizares?

O Primark.com suporta os browsers mais recentes, incluindo Chrome, Firefox e Safari. Certifica-te de que tens a versão mais atualizada para aproveitares ao máximo o Primark.com