• Atingiu o máximo de favoritos, inicie sessão para adicionar mais

Continuar a ler

AJUDAR AS FÁBRICAS A CUMPRIR NORMAS INTERNACIONAIS

A Equipa de Comércio Ético da Primark trabalha em paralelo com os fornecedores, com as suas fábricas e com parceiros locais para apresentar programas que ajudem as fábricas a dar resposta a problemas e necessidades locais relevantes. Acreditamos que quanto mais os gestores das fábricas e os trabalhadores souberem sobre as normas que exigimos e o porquê da sua importância, maior probabilidade existe de que as cumpram. Por vezes, isto implica reuniões presenciais regulares. Noutros casos, são necessários programas de formação ou métodos mais interativos como exercícios de role-play. Num ano comum, são ministradas mais de 7000 horas de formação.

TRABALHAR COM A GESTÃO NAS FÁBRICAS

A base do nosso trabalho com a gestão das fábricas assenta num diálogo transparente e aberto sobre os padrões que exigimos.

A nossa Equipa de Comércio Ético e de Sustentabilidade Ambiental dedica tempo à gestão das fábricas para se certificar de que compreendem as diferentes disposições definidas no Código de Conduta e o que esperamos deles. Por exemplo, podemos explicar o motivo pelo qual exigimos que tenham um registo completo dos trabalhadores ou alarmes de incêndio em todas as secções do edifício. Muitas vezes, isto é efetuado no local como parte das nossas reuniões presenciais. No entanto, por vezes queremos chegar a diversas fábricas em simultâneo.

É por isso que realizamos workshops externos, para disponibilizar formação e apoio sobre questões relevantes. Estes workshops permitem às fábricas e aos fornecedores aprenderem uns com os outros longe da azáfama diária da fábrica. O formato depende do que melhor se adequa aos elementos envolvidos. Por exemplo, na Turquia normalmente realizamos workshops com a duração de um dia inteiro abrangendo vários tópicos diferentes. Estes tópicos poderão incluir uma concentração em cláusulas individuais do nosso Código de Conduta, um resumo de novas leis, como a "UK Modern Slavery Act" (lei contra a escravatura moderna no Reino Unido), uma atualização sobre a formação em segurança contra incêndios ou até como se preparar para um terremoto.

Normalmente, os workshops são ministrados por um membro da Equipa de Comércio Ético e de Sustentabilidade Ambiental da Primark, mas também trabalhamos com outras organizações da área. Por exemplo, no Sudeste asiático juntámo-nos ao programa Better Work, uma colaboração entre a Organização Internacional do Trabalho (OIT) das Nações Unidas e a Sociedade Financeira Internacional (SFI), membro do Grupo do Banco Mundial. O programa foi desenvolvido para reunir diferentes grupos da indústria do vestuário no sentido de melhorar as condições de trabalho nas fábricas e promover o respeito pelos direitos dos trabalhadores. Atualmente, participam no programa mais de 120 fábricas que produzem produtos para a Primark. Para além de avaliar em que medida cada fábrica cumpre as normas internacionais do trabalho, o programa Better Work garante também assistência prática às fábricas, para ajudar os trabalhadores e os empregadores a enfrentarem e a resolverem quaisquer problemas que tenham sido identificados. Fazer parte do Better Work significa que cada fábrica recebe suporte e orientação de uma entidade central. Trata-se de uma abordagem eficaz, pois evita que uma fábrica participe em diversas iniciativas que são disponibilizadas por cada marca ou revendedor para o qual trabalha.

Nos casos em que as fábricas que produzem os nossos produtos estão distribuídas numa zona geográfica extensa, por exemplo na China, investimos numa plataforma de e-learning para disponibilizar às fábricas informações e ferramentas, à distância de um clique. Temos mais de 20 cursos interativos diferentes que abrangem desde o Código de Conduta da Primark a procedimentos de contratação.

Testamos também de forma contínua novas abordagens para ajudar as fábricas a melhorarem. Por exemplo, no sul da Índia estamos a trabalhar com a ONG local ASK (Association for Stimulating Know How) e com a ONG americana Verité no programa Fair Hiring Fair Labour. O programa garante às fábricas um conjunto de ferramentas para melhorar os seus processos de recrutamento e contratação.

APOIAR OS TRABALHADORES NAS FÁBRICAS

Acreditamos que se ajudarmos os trabalhadores a melhor compreenderem o que devem esperar da sua entidade empregadora, podemos ajudar a fortalecer o poder dos trabalhadores e a melhorar ainda mais as condições de trabalho nas fábricas. É por este motivo que promovemos uma série de programas desenvolvidos com os trabalhadores, para os trabalhadores. Por exemplo, no Bangladesh, na China e no sul da Índia, concluímos que a utilização de imagens pode ser uma forma eficaz de dar vida aos diferentes elementos do nosso Código de Conduta para os trabalhadores fabris. Trabalhamos com parceiros locais para criar pósteres para os trabalhadores para que estes possam visualizar o código, ajudando os trabalhadores das empresas participantes a melhor compreenderem o mesmo.

No Bangladesh, estamos também a realizar outros dois programas. Celebrámos uma parceira com a ONG SHEVA para implementar o nosso projeto de segurança contra incêndios. O programa garante formação aos gestores de segurança contra incêndios da fábrica para que possam dar formação aos trabalhadores de uma forma que seja relevante. Isto inclui um DVD e um panfleto sobre segurança contra incêndios e, em algumas fábricas, uma representação teatral personalizada. Celebrámos também uma parceria com a Iniciativa de Comércio Ético relativamente ao seu Programa de diálogo social. A legislação do Bangladesh obriga a que todas as fábricas com mais de 50 funcionários tenham um Comité de Participação constituído por representantes eleitos pelos trabalhadores. O projeto ajuda as fábricas a criarem estes comités e a garantirem que os funcionários que integram estes comités são escolhidos pelos seus pares e têm capacidade para estabelecer comunicação entre os colegas e os gestores.

Na Índia, temos vindo a trabalhar no programa "Drawing the Line", uma parceria com duas ONG indianas, a Women Win e a Naz Foundation. O programa foi concebido para tentar encontrar novas formas de envolver as funcionárias para que se sintam com poder e confiança para definirem as questões que consideram prioritárias na melhoria da fábrica.

Para além de trabalhar com as fábricas para as ajudar a compreender e a corresponder aos padrões esperados pela Primark, também executamos diversos programas educacionais para trabalhadores e fábricas para ajudarmos a melhorar as condições na indústria dos têxteis e do vestuário. Clique em Seguinte para saber mais.

COMO O FAZEMOS

Uau!

Adicionámos o primeiro artigo aos teus favoritos.
Podes aceder-lhe sempre que quiseres, clicando aqui.

Tens tempo para te atualizares?

O Primark.com suporta os browsers mais recentes, incluindo Chrome, Firefox e Safari. Certifica-te de que tens a versão mais atualizada para aproveitares ao máximo o Primark.com