Declaração sobre a Liberty Fashions

17 junho 2013

Na sequência da derrocada do Rana Plaza, a Primark, anunciou a 5 de junho que tinha começado as suas próprias inspeções aos edifícios ocupados pelos seus fornecedores no Bangladesh. Este programa é prévio à intenção da empresa em implementar o Acordo sobre a Segurança em Edifícios e Contra Incêndios.

Como parte deste programa, a Primark foi informada de que a Liberty Fashion Wear Ltd (unidade de costura) opera num prédio inseguro. A Primark pediu imediatamente aos proprietários da Liberty Fashion para evacuar o edifício, e ofereceu apoio nesta base. Até à data, a Liberty foi incapaz de evacuar as instalações e recusa-se a fazê-lo.

Na sequência de outras discussões com a Liberty, os sindicatos, a OIT e a Associação de Fabricantes e Exportadores de Vestuário do Bangladesh (BGMEA), a Primark ficou sem outra alternativa que não o de cessar o seu vínculo com este fornecedor, com efeito imediato. A empresa comprou uma quantidade relativamente pequena de roupa a este fornecedor, mas a rescisão é um passo que a empresa está sempre relutante em tomar, preferindo apoiar os fornecedores dispostos a trabalhar para melhorar as condições de trabalho.

A empresa informou a Iniciativa de Comércio Ético em Londres da sua decisão.

A empresa continua extremamente preocupada com a segurança dos trabalhadores neste edifício.

  • Atingiu o máximo de favoritos, inicie sessão para adicionar mais

Uau!

Adicionámos o primeiro artigo aos teus favoritos.
Podes aceder-lhe sempre que quiseres, clicando aqui.

Tens tempo para te atualizares?

O Primark.com suporta os browsers mais recentes, incluindo Chrome, Firefox e Safari. Certifica-te de que tens a versão mais atualizada para aproveitares ao máximo o Primark.com