alt=

Comunicado sobre Arthur Ryan, o fundador da Primark

Dublin, 8 de julho de 2019: A Primark está profundamente consternada por confirmar que Arthur Ryan, fundador da empresa, Presidente e antigo Diretor-Geral, faleceu hoje após doença repentina. Arthur Ryan tinha 83 anos.

Paul Marchant, Diretor-Geral da Primark, emitiu o seguinte comunicado:

“Em nome de todos na Primark, estamos muito tristes com a morte do nosso fundador e presidente, Arthur Ryan. Queremos estender as nossas mais profundas condolências à família de Arthur neste momento triste. Arthur Ryan era um empresário do setor do retalho verdadeiramente talentoso e um líder visionário.

“Foi verdadeiro pioneiro no setor do retalho. Foi um inovador e, apesar dos seus inúmeros sucessos, nunca se acomodou. Desafiou-nos a sermos os melhores que podíamos. Demonstrou sempre o seu empenho e paixão com grande humildade, integridade e apoio aos nossos colaboradores. Todas estas características continuam a ser princípios orientadores da Primark atualmente.

"Ao longo de toda a sua carreira, Arthur permaneceu profundamente ligado à empresa e ao cliente, visitando regularmente as lojas e deslocando-se pela área da loja. O seu legado permanecerá na empresa que fundou e construiu. Nós, que trabalhámos em estreita colaboração com ele, prezamos a sua amizade e sabedoria e toda a sua família Primark sentirá imensamente a sua falta."

De George Weston, Diretor-Geral da Associated British Foods:

“Em nome do Conselho de Administração da ABF e da família Weston, apresentamos as nossas mais sinceras condolências à esposa de Arthur, Alma, e a toda a sua família e amigos neste momento de profunda tristeza. Sentiremos muito a falta da sua presença maior do que a própria vida, do seu bom senso e da sua amizade.

“Arthur Ryan será lembrado como um dos grandes gigantes do setor do retalho. Quando o meu avô, Garfield Weston e o meu tio Galen Weston recrutaram Arthur para gerir a Penneys em 1969, com apenas uma loja em Dublin, sabiam que estavam a contratar um empresário excecional. Mas o que as três gerações de Westons aprenderam nas décadas seguintes foi que Arthur também era um grande líder e empresário, impulsionado todos os dias por um desejo incansável de agradar aos seus clientes.

"Arthur Ryan tornou a moda acessível a todos e o seu legado é surpreendente. Edificou uma empresa de venda a retalho fenomenal à escala mundial, cujos alicerces pertencerão sempre à Irlanda."